O Estado

Roraima é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na Região Norte do país, sendo seu estado mais setentrional, e tem como limites a Venezuela (ao norte e noroeste), Guiana (leste), Pará (sudeste) e Amazonas (sudeste e oeste). Ocupa uma área de 224.298,980 km2, pouco menor que a Romênia. Inicialmente chamado de "Território Federal do Rio Branco" (mais caudaloso rio da região), foi posteriormente renomeado para Roraima, nome de seu ponto culminante, ao extremo norte. O Monte Roraima, por sua vez, significa serra verde ou monte verde. A palavra é formada pela junção de roro ou rora (verde) com imã (serra ou monte) e foi batizado por indígenas pemons da Venezuela. A economia do estado se baseia na agricultura (arroz, feijão, milho e mandioca), na pecuária (bovino, suino e ovino) e no extrativismo (madeira, ouro, diamantes, cassiterita). O estado de Roraima tem o menor PIB do Brasil (27º colocação), o que pode ser parcialmente explicado pelo fato de que 70% de sua área foi demarcada como território indígena ou ficam localizados em áreas de preservação ambiental. Apesar disso teve, entre 1991 e 2000, o maior crescimento de todo o país.
Boa Vista
Capital

Roraimense
Habitante

Norte
Região

224.300 km²
Área

496.936 hab
População (2014)

15
Número de Municípios

RR
Sigla

Roraima



Federação Roraimense de Futebol
Sede: Boa Vista (RR)
Fundação: 23 de julho de 1974
Web: Não tem

  • Equipes

    37

  • Escudos

    25

  • Estádios

    8

  • Uniformes

    39

  • Mascotes

    6

  • Finalizados

    100%

Os primeiros clubes - Um ano depois de criado o Território Federal do Rio Branco, depois Território de Roraima, mais precisamente em 1° de outubro de 1944, aconteceu a fundação do Atlético Roraima. Dos clubes existentes, é o mais antigo nos dias de hoje. Seu fundador foi Adolfo Brasil, que contou com a colaboração de diversos amigos como Peri e Dorval Magalhães, Ibrahim e Felipe Xaud, dentre outros amigos comerciantes. O Atlético Roraima também era chamado de “Clube dos Milionários” porque todos os seus sócios proprietários eram fazendeiros e comerciantes de renome cidade de Boa Vista. O Baré surgiu de uma dissidência de sócios do Atlético Roraima, em 26 de outubro de 1946. Esses sócios foram Aquilino Mota Duarte, Aristante Gonçalves Leite, Carmélio, Dr. Rinaldes, Jorge Fraxe, Mário Abdala e Roberto Aiad. A Federação Riobranquense - Com o surgimento dos primeiros clubes, fez-se necessária a criação de uma entidade que coordenasse essas agremiações em suas disputas locais. No dia 23 de julho de 1948, foi fundada a Federação Riobranquense de Desportos (em 1974 mudou a denominação para Federação Roraimense de Futebol).

O primeiro estádio - O primeiro campo de futebol foi feito nas proximidades onde hoje se encontra o Hotel Aipana no Centro Cívico, além de Atlético Roraima, Parima e Baré, o campo era constantemente utilizado como “pelada” pelos moradores que geralmente jogavam pelos clubes. Outros campos vieram depois. O campo localizado onde hoje funciona o Colégio Oswaldo Cruz era palco, principalmente, para clubes hoje extintos como Amazônia (Amazonas), Rio Branco, Bangu, Flamengo e Operário. O velho João Mineiro, herói quase anônimo, mestre de obras que trabalhou de graça e fez o 1° estádio por sua conta e o esforço de seus funcionários, principalmente, jogadores de seu clube o “Operário”. Depois, ganhou o nome do estádio, que existiu onde hoje fica a Maternidade Nossa Senhora de Nazaré. Somente um portal solitário na praça “João Mineiro”, simboliza as lembranças de uma praça de esporte que foi palco dos melhores momentos do futebol roraimense. O mestre de obras João Mineiro é considerado por muitos como um dos maiores desportistas que Roraima conheceu, pois não só construiu um estádio e montou um time de operários, como também mandava buscar operários, bons que jogavam futebol para reforçar os outros times.

O primeiro campeonato - Somente em 1974 foi disputado o primeiro Campeonato Roraimense de Futebol. O profissionalismo ainda era um sonho distante e todos os clubes eram amadores.

O profissionalismo -
O primeiro campeonato profissional de Roraima aconteceu em 1995. Apenas três clubes participaram, sendo dois de Boa Vista (Atlético Roraima e Baré) e um de Mucajaí (Progresso). A primeira partida sob o novo regime foi realizada em 28 de maio de 1995: Baré 4 x 0 Progresso. O campeonato foi dividido em três turnos, dois dos quais vencido pelo Roraima e um pelo Baré. Na final, realizada em 30 de julho de 1995, o Roraima venceu o Baré, por 2 x 0.



 
Última atualização: agosto/2016
s






© Desde 2008 | POR COLEÇÃO DE CLUBES | criado por www.casadaideia.com.br - Todos os direitos reservados.